A presidente rejeitada

O ministro José Múcio Monteiro, segundo o Estadão, vai recomendar a rejeição das contas do governo Dilma Rousseff em 2015, acolhendo o parecer da área técnica do TCU.

“Após avaliar a defesa apresentada pela presidente cassada, a Secretaria de Macroavaliação Governamental do TCU manteve o entendimento de que a gestão Dilma cometeu ao menos 15 irregularidades de maior gravidade, incluindo aquelas que serviram para embasar o processo de impeachment no Senado. Trata-se das pedaladas com recursos do Plano Safra, do Banco do Brasil, e da edição de decretos de suplementação orçamentária em desacordo com a lei”.

Faça o primeiro comentário