Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

A prevaricação de Bolsonaro e Pazuello

Para Reale Jr, houve clara omissão do presidente e do Ministro da Saúde diante dos alertas de Luís Miranda em relação à irregularidades no caso da Precisa
A prevaricação de Bolsonaro e Pazuello
Foto: Carolina Antunes/PR

Em seu parecer, como mostramos há pouco, Miguel Reale Jr assegura que Jair Bolsonaro e Eduardo Pazuello prevaricaram no episódio envolvendo a Precisa Medicamentos, que negociou com o Ministério da Saúde a venda de vacinas.

“No caso em tela, temos que há justa causa para afirmar que o presidente da República, sr. Jair Messias Bolsonaro e o então ministro da Saúde, sr. Eduardo Pazuello, foram devidamente alertados acerca das irregularidades e, ainda assim, permaneceram inertes. Diante dos fatos, conclui-se que as omissões estão previstas na lei penal sob a forma de delito de prevaricação.”

Leia também:

Todos os crimes de Jair Bolsonaro na pandemia; leia a íntegra do relatório de Miguel Reale Jr

Manaus foi “experimento pseudocientífico”, diz parecer de Reale Jr

Mais notícias
TOPO