A propina da Braskem em 2014

Marcelo Odebrecht poderá dizer hoje à tarde se a campanha de Dilma Rousseff recebeu uma parte da propina de 100 milhões de reais que a Braskem destinou ao PT, em 2014.

O acordo da empresa com os procuradores dos Estados Unidos não esclareceu esse fato.