ACESSE

A propina do trabalhador

Telegram

O Dia do Trabalho das centrais sindicais era bancado pelo departamento de propinas da Odebrecht.

Alexandrino Alencar contou para a Lava Jato que a empreiteira repassou dinheiro para Paulinho, codinomes Força e Boa Vista, e para a CUT, que era representada por Gilberto Carvalho, o Seminarista.

É natural que os pelegos das centrais sindicais usem o Primeiro de Maio para protestar contra a prisão de Lula.

 

Comentários

  • Amigo -

    Estranho é que a esquerda é contra o capitalismo, mas vive do dinheiro produzido por ele, até que aconteça a implantação do capitalismo de Estado: o comunismo. Fato curioso: o Estado fiscaliza o capitalismo, mas quando há o predomínio do comunismo, quem fiscaliza o Estado?

  • Primeiro -

    Esses sanguessugas sindicalistas vão defender um bandido no dia do trabalhador? Um vagabundo que cortou o dedo para se encostar na CIPA? É um tapa na cara dos reais trabalhadores!

  • Wagner -

    A Força Sindical ainda está sorteando carros, amanhã, entre uma defesa ou outra do ladrão, mandante de assassinato, traidor da Nação e condenado, na zona norte da capital paulista, vão sortear um Hyundai, a pergunta que fica, de onde continua vindo o dinheiro fácil?

Ler 17 comentários