A propina no exterior de Cabral

Sérgio Cabral recebeu propina no exterior.

De acordo com O Globo, presidente da Odebrecht Infraestrutura, Benedicto Júnior, vai revelar “as contas internacionais do esquema, nas quais a empresa teria depositado regularmente a taxa de 5% cobrada por Cabral pelas grandes obras que executou no Rio de Janeiro”.

E mais:

“As delações da Odebrecht deverão apontar o doleiro Álvaro José Galliez Novis, da Hoya Corretora de Valores e Câmbio, do Rio, que também chegou a ser preso na Xepa, como responsável pela entrega de propina da empreiteira”.

Faça o primeiro comentário