A RASTEIRA DE MARCO AURÉLIO NO STF

Marco Aurélio Mello deu uma rasteira no STF ao desbloquear os bens da OAS e da Odebrecht. Ao conceder liminar derrubando decisão do TCU, o ministro se baseou em seus próprios votos no julgamento de outros três mandados de segurança.

Ocorre que Marco Aurélio foi derrotado em plenário nas três votações — foi posição isolada entre todos os ministros. O alerta é da Associação da Auditoria de Controle Externo do TCU, que emitiu há pouco uma nota técnica bastante esclarecedora.

Faça o primeiro comentário