A reforma da natureza

Henrique Meirelles, na manchete da Folha, quer uma verdadeira reforma da natureza do governo brasileiro:

— Um projeto fixando um teto para o crescimento dos gastos públicos, com o fim de boa parte das vinculações de receitas;

— A reforma da Previdência;

— A racionalização do sistema tributário.

O Antagonista cobra também apoio de Meirelles a uma devassa na Caixa, no BB e no BNDES.

Será que ele vai tão longe no caso dos bancos públicos, em especial do BNDES?

Comentários temporariamente fechados.

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem.

Ler 3 comentários
  1. Rogerio Rosso, foi presidente da Companhia de Planejamento do Distrito Federal (Codeplan), a mesma empresa que Durval Barbosa também presidiu e que está fortemente associada ao esquema do Mensalão do DEM, deflagrado na Operação Caixa de Pandora!

Os comentários para essa notícia foram encerrados.