A reforma que a Previdência precisa

A queda do emprego com carteira assinada vem prejudicando ainda mais a já condenada Previdência Social.

O pagamento de benefícios como seguro-desemprego aumentou R$ 5 bilhões em 2015. Estes desempregados deixaram de contribuir e, segundo a Folha, provocaram uma queda de outros R$ 18,3 bilhões na arrecadação.

A reforma que a Previdência precisa começa com Dilma entregando o cargo.

Faça o primeiro comentário