A reportagem da Veja e a sua capa

De acordo com O Globo, nas tratativas iniciais, não há anexo de delação em que Léo Pinheiro se comprometa a acusar Dias Toffoli ou qualquer outro ministro do Supremo.

Na sua reportagem, a Veja não disse que Léo Pinheiro havia se comprometido a acusar Dias Toffoli no termo da delação a que teve acesso. A reportagem afirmou que a citação do nome do ministro, associado a uma reforma, tinha potencial explosivo.

A chamada da capa da revista — “Empreiteira delata ministro do Supremo” — foi esquentada.

Faça o primeiro comentário