A “reserva” de Roberto Gonçalves na Suíça

Sérgio Moro, em seu despacho do dia, enumera os depósitos em contas de Roberto Gonçalves na Suíça.

As duas primeiras contas já tinham sido identificadas pela força-tarefa da Lava Jato como meio de repasses de recursos da Odebrecht para Paulo Roberto Costa, Renato Duque e Pedro Barusco.

Faça o primeiro comentário