A resposta da PF

A PF foi afastada da delação premiada da Odebrecht para evitar vazamentos.

Os vazamentos continuaram ocorrendo. E a PF, por sua vez, continuou a investigar a Odebrecht.

Ainda bem.

O delegado Filipe Pace desbaratou ontem maior esquema da ORCRIM petista, com a prisão de Antonio Palocci.

Segundo a Folha de S. Paulo, a Omertà provocou um certo mal-estar entre a PF e a Procuradoria-Geral da República, que negocia a delação da empreiteira.

Dane-se o mal-estar.

A Odebrecht, até recentemente, mandava recados por meio da imprensa de que estaria disposta a poupar Lula e o comando do PT. Depois da ação da PF, o pacto de silêncio da empreiteira foi definitivamente rompido. Ou a Odebrecht entrega todo mundo, ou vai permanecer na cadeia.

Faça o primeiro comentário