"A resposta veio muito tarde", diz ex-presidente do Ibama sobre óleo

Telegram

Suely Araújo, ex-presidente do Ibama, afirmou ao Globo que o governo demorou para acionar o plano emergencial para conter o avanço do óleo pelo litoral nordestino.

Dessa forma, algumas etapas essenciais para refrear o desastre não podem ser recuperadas.

“O PNC sofreu problemas devido à desestruturação organizacional do ministério, que perdeu os colegiados relacionados à reação contra incidentes de poluição por óleo. A resposta veio muito tarde (…). Não houve medidas preventivas para evitar a chegada e difusão da substância pelo litoral, não se sabe quando ele chegará às [outras] praias nem qual é a verba necessária para as operações ou de onde virão os recursos.”

Comentários

  • Jorge -

    A petista perdeu a boquinha,aí ficou revoltadinha.

  • Mauricio -

    Ela está falando de "orelhada". Não tem provas e nem informação suficiente pra afirmar. Política rasteira. O ministro Salles deveria processá-la.

  • Radamanto -

    Cadê a tal da Greta pra fazer caras e bocas pras câmeras ?

Ler 62 comentários