A revolução da honestidade

Mendonça Filho mostra-se otimista na Coluna do Estadão:

“O ministro da Educação acha que o governo vai se valorizar em 2017 da mesma maneira que aconteceu com as ações da Petrobras. Para o ministro, a empresa melhorou por causa das rigorosas medidas tomadas para sua recuperação. ‘Temer está fazendo o mesmo no governo’, acredita.”

Não roubar dinheiro público já representaria uma tremenda valorização.