ACESSE

"A Secom não investe diretamente em blogs", diz secretário de Publicidade

Telegram

O secretário de Publicidade da Presidência, Glen Valente, disse nesta quarta-feira (3) que a Secom não investe diretamente em sites ou blogs.

Valente participou de coletiva para dar a versão do governo sobre os 2,065 milhões de anúncios pagos pela Secom na campanha da reforma da Previdência que foram direcionados para sites de notícias falsas e com conteúdos pornográficos.

Ele disse que os anúncios da Secom são direcionados pela plataforma Adsense, do Google. Desta forma, as peças publicitárias seriam distribuídas sem a Secretaria de Comunicação determinar quais sites ou blogs deverão receber anúncios.

“A Secom, de uma maneira bem técnica, não investe diretamente em blogs. O investimento foi usado por uma plataforma do Google chamada Adsense.”

Segundo Valente, o governo apenas estabelece critérios para a plataforma do Google não veicular anúncios em sites impróprios.

“Existe sim uma seleção que a gente exclui o óbvio. A gente exige da agencia e do Google que sites impróprios não tenham publicidade do governo (…). A gente segue a performance da ferramenta. Então, a gente não faz censura nem definição de nenhum plataforma.”

Arte: O Antagonista

Leia também: EXCLUSIVO: MORO ATACA

Comentários

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos. Tempo de publicação: 4 minutos
Ler 11 comentários