Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

"A Secretaria de Saúde do Amazonas virou antessala da delegacia", diz Eduardo Braga

Integrante da CPI da Covid, senador do MDB diz que operação da PF mostra que corrupção aliada à falta de gestão levou à morte mais de 13 mil amazonenses
“A Secretaria de Saúde do Amazonas virou antessala da delegacia”, diz Eduardo Braga
Foto: Edilson Rodrigues/Agência Senado

O senador Eduardo Braga disse a O Antagonista que a operação da Polícia Federal, que hoje prendeu o secretário Marcellus Campelo e cumpriu buscas na casa e no gabinete do governador Wilson Lima, mostra que 13 mil amazonenses morreram de Covid por causa de uma gestão corrupta e incompetente.

“Lamentavelmente, 13 mil amazonenses morreram e não foi por falta de dinheiro para enfrentar a pandemia. Foi corrupção e falta de competência, planejamento, gestão e responsabilidade. O que aconteceu foi criminoso.”

Ele lembra que todos os secretários de Saúde da atual gestão foram presos, com exceção do vice-governador, que está sendo investigado. “Virou antessala de delegacia.”

Braga ressalta que esta e outras investigações mostram a necessidade da CPI da Covid no caso do Amazonas, mas que não está convencido da ampliação generalizada dos trabalhos do colegiado.

“A crise de oxigênio em Manaus foi o fato determinado para a abertura da CPI. Quanto aos demais estados, é preciso que surjam fatos conexos. Havendo conexão, não há dúvidas.

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO