"A situação do Ernesto é muito complicada"

“A situação do Ernesto é muito complicada”
Foto: Isac Nóbrega/PR

Jair Bolsonaro tem de chutar Ernesto Araújo do Itamaraty.

Guilherme Casarões, da FGV, disse para o UOL:

“A gente nunca tinha tido um chanceler declaradamente fã de um presidente americano dessa forma, a ponto de chamá-lo de a ‘última esperança’ do mundo ocidental e coisas do tipo. Então a situação do Ernesto é muito complicada.”

Eduardo Mello, também da FGV, completou:

“Eu esperava que o presidente tivesse já a essa altura sinalizando uma troca de chanceler para fortalecer uma ala mais pragmática. Mas o presidente não fez isso, pelo menos não até agora, e não deu sinais de que está pronto para fazer isso. É espantoso e vai ter um custo enorme para o Brasil.” 

Leia mais: Crusoé também fiscaliza o outro lado do balcão do Judiciário: os advogados.
Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO