Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

A solidariedade tucana a José Serra

Desde a manhã desta sexta-feira (3), políticos do PSDB têm feito chegar mensagens de “solidariedade” a José Serra, denunciado junto com sua filha, Verônica, por lavagem de dinheiro e alvo de busca e apreensão da Operação Revoada.

Entre os tucanos, prevalece o ímpeto em defender Serra “em razão do histórico” dele, tentou explicar a O Antagonista um parlamentar do partido.

O hoje senador Serra foi prefeito, ministro, governador, candidato a presidente, além de deputado federal constituinte.

“Há uma clima de certa solidariedade. Eu lamento muito, mas não há o que contestar [na denúncia]: qualquer questionamento deve ser feito no processo, não no campo da política. É preciso aprofundar as investigações dessas denúncias que já são conhecidas há algum tempo e que precisam ser esclarecidas”, disse o parlamentar, pedindo reserva.

Outro parlamentar lembrou que “a saúde debilitada” de Serra contribui para que os tucanos saiam em sua defesa. O senador está com 78 anos e tem um problema grave entre o pescoço e a coluna, que precisaria de uma cirurgia complicada para ser resolvido. Ele também está com problemas na próstata. Além disso, os mais próximos dizem que os remédios que ele tomou ao longo da vida para dormir melhor, sem orientação médica, não lhe fizeram bem.

Leia mais: A guinada de Bolsonaro para ficar no poder
Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO