A temporada da barganha

A Folha chama a atenção para o fato de que a base governista na Câmara evita declarar apoio a Michel Temer para barrar a denúncia de Rodrigo Janot por corrupção passiva.

Apenas 45 deputados se declararam abertamente contra a admissibilidade.

No placar do jornal, são:

– 130 a favor (faltando 212 para atingir os 342 necessários);

– 45 contra;

– 112 indecisos;

– 57 não quiseram se posicionar.

A popularidade de apenas 7% do presidente naturalmente pesa para o silêncio de deputados que buscam reeleição em 2018, mas as razões alegadas para a falta de declarações de apoio são outras:

– gostaria de votar com o governo, mas a acusação é grave e precisa de análise;

– aguarda decisões partidárias para definir posição;

– espera manifestação da defesa de Temer.

Ninguém, claro, confessou que barganha vantagens em troca do voto.

Faça o primeiro comentário