ACESSE

A tentativa de obstrução de Baldy

Telegram

Na decisão em que ordenou a prisão de Alexandre Baldy, o juiz Marcelo Bretas apontou a tentativa de obstrução da investigação da Lava Jato no Rio como um dos principais motivos para colocar o secretário de Transportes do governo João Doria temporariamente na cadeia, diz a Crusoé.

Segundo Bretas, empresários delatores disseram ao Ministério Público Federal que Baldy chegou a oferecer um cargo de secretário de estado para um dos envolvidos no suposto esquema para que ele pudesse ter foro privilegiado.

A oferta, de acordo com a decisão de Bretas, foi feita pelo secretário de Doria depois que dois suspeitos foram presos em setembro de 2018.

O atual secretário de Transportes de São Paulo foi preso temporariamente na semana passada (e depois solto por Gilmar Mendes) por envolvimento em esquema de fraudes nos contratos da Secretaria de Saúde do Rio no governo Sérgio Cabral.

Leia aqui a reportagem de Fabio Leite.

Leia mais: Exclusivo: O 'blog' do Aras

Comentários

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos. Tempo de publicação: 4 minutos
Ler 21 comentários