Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

A trajetória política de Major Olimpio

A trajetória política de Major Olimpio
Foto: Adriano Machado/Crusoé

Sérgio Olimpio Gomes, o Major Olimpio, nasceu em Presidente Venceslau, no interior de São Paulo, em 20 de março de 1962.

Formou-se policial militar em 1982, na Academia do Barro Branco. Exerceu a função por quase 30 anos, tendo sido presidente da Associação Paulista dos Oficiais da PM.

Entrou para a política em 2007, após ser eleito deputado estadual pela primeira vez. Na Assembleia Legislativa de São Paulo, ficou até 2014, quando se candidatou a deputado federal e ganhou.

Passou por diversos partidos, incluindo PV, PP, PDT e PMB. Em 2016, concorreu à Prefeitura de São Paulo pelo Solidariedade, não sendo eleito.

Em 2018, filiou-se ao PSL para ajudar a eleger presidente seu então colega de Câmara dos Deputados e amigo Jair Bolsonaro. Olimpio foi eleito senador por São Paulo com 9 milhões de votos, a maior votação no estado.

Já no primeiro ano do governo Bolsonaro, porém, percebendo que muitas das bandeiras da campanha estavam caindo por terra, Olimpio rompeu com o governo e virou alvo do chamado “gabinete do ódio” montado por bolsonaristas. Tentou emplacar uma candidatura à Presidência do Senado em 2019 e também neste ano. Adversário político de João Doria, era pré-candidato ao governo de São Paulo pelo PSL em 2022.

Olimpio, que morreu nesta quinta-feira vítima de Covid, deixa mulher e dois filhos.

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO