ACESSE

A união faz a força

Telegram

A Época diz que índios inimigos estão se unindo contra o governo de Jair Bolsonaro. Na semana passada, caiapós reuniram na aldeia Kubenkokore representantes de 14 etnias indígenas para lutar contra o plano de exploração mineral de suas terras.

“As rixas do passado — que quase levaram um desses grupos ao extermínio — foram abandonadas em nome de um objetivo maior: lutar contra o que eles consideram ameaças do governo Jair Bolsonaro à Amazônia.”

Pelo menos, os índios pararam de se matar.

Autoridades e instituições que mais colaboraram na luta contra a corrupção no Brasil nos últimos anos estão cercadas. SAIBA MAIS

Comentários

  • RICARDO -

    Estranhamente o antagonista muda de opinião semanalmente, ou melhor, diariamente.

  • Ana -

    Há comunidades indígenas que querem permanecer de acordo com suas tradições. Outras veem seu modo tradicional de vida como causa para discriminação e exclusão pelos não índios, e cedem .

  • Ana -

    É preciso entender as diferenças entre as etnias e respeitar suas decisões. Há os que preferem as SUB. E há os que querem seguir com seu modo de vida tradicional ainda que com dificuldades.

Ler 113 comentários