"A Universal quer fazer graça para conseguir recursos para a Record"

Silas Malafaia atacou o nome escolhido por Jair Bolsonaro para o STF, que foi defendido pela Igreja Universal, de Edir Macedo.

Sóstenes Cavalcante, que é ligado a Silas Malafaia, disse à Folha de S. Paulo:

“A Universal representa menos de 5% dos evangélicos, segundo o IBGE. Quer fazer graça para conseguir recursos para a Record”.

Leia mais: Bolsonaro, a ala anti-Lava Jato do STF e o Centrão juntos para manter tudo como está
Mais notícias
Comentários
Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos. Tempo de publicação: 4 minutos
Ler 33 comentários
TOPO