ACESSE

A vaga de Fischer

Telegram

Ministros do Superior Tribunal de Justiça avaliam reservadamente que uma eventual substituição do ministro Felix Fischer tem potencial para provocar polêmica no meio jurídico e no Planalto.

Isso porque a lista enviada pela Ordem dos Advogados ao STJ terá que contar com aval do presidente da entidade, Felipe Santa Cruz, que enfrenta desgaste com Jair Bolsonaro e Sergio Moro.

Fischer, relator da Lava Jato no Superior Tribunal de Justiça, renovou a licença médica por mais 60 dias no começo do mês. O ministro trata uma embolia pulmonar. O primeiro afastamento do ocorreu em julho do ano passado. Segundo colegas, Fischer tem um quadro clínico bom, mas a recuperação é lenta. Integrantes do STJ  não descartam que ele tenha que deixar a Corte antes de completar 75 anos.

A OAB elabora uma lista com seis nomes, que é enviada para o STJ. Na sequência, ministros escolhem três nomes e encaminham para o presidente. A indicação precisa ser submetida ao Senado. Entre os nomes que aparecem para uma eventual vaga está Tarcísio Vieira de Carvalho, atual integrante do TSE.

 

 

 

Basta de atritos com Bolsonaro. LEIA AQUI

Comentários

  • Nina -

    Tudo tem que passar pela OAB aparelhada?

  • Paulo -

    Da asco e nojo viver neste lixo brasil. A oab uma verdadeira entidade de proteção ao crime organizado, presidida por um serviçal do canalha corrupto e lavador de dinheiro lula faz lista para o STJ.

  • Paulo -

    Eh por isto que estes tribunais superiores são verdadeiros esconderijoss de corruptos e assaltantes de cofres publicos. Este eh o estado democrático de direito do crime organizado.

Ler 19 comentários