"A verdade foi dita e comprovada com fatos posteriores, como a demissão do Diretor-Geral da PF", diz Moro

Telegram

Sergio Moro afirmou há pouco, no Twitter, que “a verdade foi dita” no vídeo e é “comprovada com fatos posteriores”, como a demissão de Maurício Valeixo do comando da Polícia Federal.

“A verdade foi dita, exposta em vídeo, mensagens, depoimentos e comprovada com fatos posteriores, como a demissão do Diretor Geral da PF e a troca na superintendência do RJ. Quanto a outros temas exibidos no vídeo, cada um pode fazer a sua avaliação.”

Leia também:

Bolsonaristas dizem que vídeo não é “bala de prata”. Só se engolirem a “bala de prata”

Comentários

  • Democrata -

    Quem pensa que as investigações terminaram com a reunião de 22/04 acabou está enganado. Estamos no começo.

  • marcia -

    Moro fez muito bem em sair deste barco furado! Bolsonaro é mais do mesmo! Q o diga o Centrão!

  • Paulo -

    Não força a barra, Antagonista!

Ler 138 comentários