A verdadeira briga do AGU

Fábio Medina Osório virou alvo de ataques rasteiros, rapidamente disseminados pelo resto da imprensa. As matérias que tentam derrubar o novo AGU falam de deslizes, mas nenhuma toca no que realmente importa.

Osório já abriu quatro ações contra empreiteiras envolvidas na Lava Jato cobrando um total de R$ 23 bilhões. Os alvos prioritários do AGU são Odebrecht, Camargo Corrêa, Engevix, OAS e Galvão Engenharia.

Ele foi a Curitiba discutir o tema com a força-tarefa da Lava Jato.

200