A vez de PP e PMDB

À frente do TSE, Gilmar Mendes autorizou investigação para apurar se os dois partidos receberam propina do petrolão, informa Andréia Sadi.

No limite, a apuração pode levar à cassação das legendas.

Sérgio Moro já deu o caminho das pedras.

Faça o primeiro comentário