Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

"A vontade do plenário é soberana", diz Manente

Com derrota da versão do relator da PEC da Vingança, não há mais clima para que matéria seja novamente apreciada no plenário
“A vontade do plenário é soberana”, diz Manente
Foto: Agência Câmara

O líder do Cidadania, Alex Manente, envolvido diretamente na negociação do texto da PEC da Vingança, diz que não há mais clima para apreciar a matéria no plenário, após a votação do substitutivo de Paulo Magalhães não ter alcançado a maioria qualificada.

“A vontade do plenário é soberana. Não teve a maioria qualificada. Agora, é virar a página”, disse a O Antagonista.

Nas últimas semanas, Manente vinha tentando negociar com as entidades do Ministério Público para obter um texto mais palatável para a sociedade. Mas as versões apenas pioraram.

Ao perder na votação do substitutivo, Arthur Lira decidiu suspender a sessão com a alegação de voltar a debater o texto original amanhã. A chance de uma nova derrota, porém, é evidente.

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO