ACESSE

A voz não é do porteiro

Telegram

O porteiro de Jair Bolsonaro mentiu.

“Laudo da Polícia Civil obtido por O Globo concluiu que a voz do porteiro que liberou a entrada do ex-PM Élcio Queiroz no condomínio Vivendas da Barra, no dia do assassinato da vereadora Marielle Franco e do motorista Anderson Gomes, não é a do funcionário que mencionou o presidente Jair Bolsonaro aos investigadores da Delegacia de Homicídios (…).

O resultado do laudo reforça suspeitas de investigadores de que o porteiro que citou Bolsonaro pode ter agido a mando de terceiros.”

COMO ELE VIROU O VICE QUE BOLSONARO QUER. Saiba mais

Comentários

  • Eduardo -

    Porra, esse inquérito ainda não acabou? É só periciar o HD do computador da guarita do condomínio. Ainda não fizeram isso?

  • Paulo -

    A MANDO DO CENTRÃO,ENTIDADE MALIGNA ONIPRESENTE EM TODAS INSTITUIÇÕES DO BRASIL.NÃO HÁ UM FATO,ACONTECIMENTO QUE PREJUDICA OU ATRASA O O BRASIL QUE ELA NÃO SE FAZ PRESENTE!

  • CLAUDIO -

    A ORCRIM está por trás. Pode investigar o PSOL, Botafogo, pt, Gilmar Mendes, Dias Toffoli, Renan Calheiros, ...

Ler 139 comentários