ACESSE

Abin cita subnotificação em Minas

Telegram

Como registramos mais cedo, a Abin alertou Jair Bolsonaro sobre a necessidade de adotar o isolamento social para conter a epidemia de Covid-19.

Relatórios obtidos pelo Estadão mostram também que a agência citou Minas Gerais como exemplo de subnotificação de casos.

No fim de abril, o órgão observou que os dados do estado eram pouco confiáveis, já que o número de casos suspeitos era pelo menos 30 vezes maior do que os confirmados.

De janeiro a abril de 2020, Minas registrou cerca de 200 mortes por Covid-19. No mesmo período, houve 539 óbitos por síndrome respiratória aguda grave, uma elevação de 648%, segundo estudo da Universidade Federal de Uberlândia.

A hipótese é a de que as mortes pelo novo coronavírus não tenham sido identificadas por falta de testes.

Leia também: Quais líderes estão se saindo bem na pandemia?

Comentários

  • Vap -

    Os casos em Minas são apresentados de forma real. Aqui não se usa política para levar vantagem com tragédias.

  • Norma -

    Na verdade. Zema está perdido,assim como o falastrão geral da República.

  • Eduardo -

    Não esqueçam a ação passiva, negacionista do seu governador-empresário.

Ler 73 comentários