ACESSE

Aborto e drogas são temas do Congresso, diz Aras

Telegram

Ao responder sobre o ativismo judicial, Augusto Aras defendeu a prerrogativa do Congresso em deliberar sobre a descriminalização das drogas e do aborto.

“Aborto e descriminalização da maconha devem ser objeto de apreciação do Congresso e não de ativismo judicial.”

O que une Gleisi Hoffmann e o líder do DEM? A Lava Jato, claro.

Comentários

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos. Tempo de publicação: 4 minutos
Ler 4 comentários