Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Abraji divulga nota contra ataques de Greenwald a jornalistas

A diretoria da Abraji, a Associação Brasileira de Jornalismo Investigativo, divulgou uma nota condenando os ataques de Glenn Greenwald a Juliana Dal Piva e João Paulo Saconi, repórteres de O Globo.

Depois da reportagem do jornal carioca que revelava que o Coaf detectou uma “movimentação atípica” de R$ 2,5 milhões de David Miranda –deputado federal pelo PSOL-RJ e marido de Greenwald–, o dono do Intercept gravou um vídeo em que chamou os repórteres de “corruptos”.

“Eu sei exatamente quem são os corruptos neste caso. Não é David Miranda, são os procuradores do Ministério Público e os repórteres e editores de O Globo, que publicou um artigo lixo”, declarou Greenwald.

Como resultado, afirma a nota da Abraji, Juliana passou a receber ofensas e comentários agressivos no Twitter, acusando-a de receber propina de procuradores e de tentativa de intimidação para parar a divulgação das mensagens roubadas da Lava Jato.

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO