“Abro mão do meu foro privilegiado”

Sérgio Moro criticou novamente o foro privilegiado. Segundo ele, “isso fere a ideia de que todos devem ser tratados como iguais”.

“Eu tenho foro privilegiado e abro mão dele sem o menor problema. É desnecessário.”