ACESSE

Abstenção poderá ajudar a eleger Bolsonaro

Telegram

Se o índice de abstenção na eleição de 2018 for alto, como se prevê, o candidato mais beneficiado deverá ser Jair Bolsonaro.

“O eleitor de Bolsonaro é hoje o mais fiel ao candidato que escolheu”, diz o diretor de um grande instituto.

É aquele que sai para votar com convicção.

Comentários

  • antonio -

    ESTÁ DEMONSTRADO QUE ESTE PAÍS NÃO É DEMOCRÁTICO, MAS UMA DITADURA DISFARÇADA DE DEMOCRACIA. ESTAMOS VIVENDO A DITADURA DE UM STF IMORAL, DESQUALIFICADO, INCOMPETENTE E COMPROMETIDO COM CRIMINSOS DE COLARINHOS BRANCOS (POLÍTICOS E EMPRESÁRIOS CORRUPTOS E BANDIDOS). DEMOCRACIA NÃO SE RESUME NA PARTICIPAÇÃO POPULAR OBRGATÓRIA DO VOTO 'SECRETO'. DEMOCRACIA VAI MUITO ALÉM DISSO... PRESSUPOE LIVRE ARBITRIO (NESTE CASO, OPÇÃO DE ESCOLHAS). PORTANTO, SABEMOS QUE AS URNAS ELETRONICAS NÃO SÃO IMUNES A FRAUDES. LOGO, O VOTO PARALELO (CÉDULA) E NÃO O IMPRESSO TEM QUE COEXISTIR, ATÉ PARA POSSIBILITAR UMA EVENTUAL AUDITORIA DO RESULTADO APONTADO PELA URNA ELETRÔICA (IMPOSTA AO POVO). SABEMOS QUE O CIRCO JÁ ESTÁ ARMADO PARA EXCLUIR ATÉ O BOLSONARO (PODE ATÉ EXISTIR UM SEGUNDO TURNO FRUDULENTO).

  • Denise -

    EU e toda minha família votaremos em Bolsonaro !

  • MENTIRA, -

    Muito pelo contrário, o Ciro Gomes pretende fazer negócios e parcerias com a China sim, mas de igual para igual; aliás, como o Brasil sempre fez. Em suas entrevistas, já afirmou ser totalmente contra vender setores estratégicos para estrangeiros e ainda mais para a China; pois, viu o que ela já fez na África invadindo a mesma, segundo ele, como uma “nuvem de gafanhotos”. Também é contra a venda de terras para os chineses, pois a China tem dinheiro suficiente para comprar o Brasil inteiro. Coisa que o Liberal Governo Temer parece que liberou, sendo que até a Dilma tinha proibido. O Bolsonaro também é contra o Imperialismo Chinês; mas, se escolher mesmo o tal economista neoliberal, terá de seguir a cartilha liberal e não poderá fazer exceções para estrangeiros, nem mesmo para a China.

Ler 149 comentários