Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

"Absurdo, SP não vai acatar", diz Gabbardo, sobre decisão do Ministério da Saúde

Segundo o coordenador do Centro de Contingência do Coronavírus, a pasta está "batendo cabeça" e deve recuar mais uma vez do posicionamento
“Absurdo, SP não vai acatar”, diz Gabbardo, sobre decisão do Ministério da Saúde
Foto: Governo do Estado de São Paulo

O Governo de São Paulo não vai acatar a decisão do Ministério da Saúde que retirou adolescentes sem comorbidades do programa nacional de imunizações.

O coordenador executivo do Centro de Contingência do Coronavírus do estado, João Gabbardo, disse a O Antagonista que a medida é absurda.

“Absurdo total. Estão batendo cabeça. São Paulo não vai acatar.”

Segundo Gabbardo, o governo deve recuar da decisão.

“Eles se deram conta que não teria Pfizer pra tudo q estavam planejando.”

Há pouco, o governo de São Paulo divulgou uma nota oficial lamentando a decisão.

A prefeitura da capital também não vai interromper a vacinação de adolescentes.

Mais notícias
TOPO