Ação da PF apura desvio de R$ 50 milhões no Piauí

Ação da PF apura desvio de R$ 50 milhões no Piauí

A PF deflagrou na manhã de hoje a Operação Satélites, segunda fase da Operação Topique, que investiga supostos crimes de corrupção ativa e passiva, lavagem de dinheiro e organização criminosa praticados por gestores da Secretaria de Educação do Piauí e por empresários contratados para prestação de serviço de transporte escolar.

A ação é feita em parceria com a CGU e o MPF.

Oitenta agentes da PF e 10 auditores da CGU cumprem 19 mandados de busca e apreensão expedidos pela 3ª Vara da Seção Judiciária Federal, em Teresina. Um dos mandados foi cumprido no Palácio de Karnak, sede do governo do Piauí.

Segundo as investigações, pelo menos R$ 50 milhões foram desviados por empresários e agentes públicos, que teriam atuado em conluio para fraudar licitações e contratos de transporte escolar.

O que pode unir esquerda e direita no Congresso Nacional? A luta contra a Lava Jato, claro. LEIA AQUI
Mais notícias
Comentários
Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos. Tempo de publicação: 4 minutos
  • Carmen -

    Ah nordeste maldito!

  • LUCIANO -

    DEIXA O CIRO NOGUEIRA ASSUMIR O GOVERNO DO ESTADO PRA VCS VEREM SE ESSE DESFALQUE NÃO VAI SER MUITO MAIOR, ISSO É DINHEIRO DE PINGA PRA ELE...KKKKK

  • Beth -

    Educação no Piaui? Piada pronta

Ler 12 comentários
TOPO