Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Ação de Eduardo Bolsonaro contra Kim Kataguiri vai para o STF

Filho 03 do presidente acusa líder do MBL de calúnia, injúria e difamação por discurso em que chamou Jair Bolsonaro de 'corrupto, vagabundo e quadrilheiro'
Ação de Eduardo Bolsonaro contra Kim Kataguiri vai para o STF
Foto: Pablo Valadares/Câmara dos Deputados

A 3ª Turma Criminal do TJ-DF determinou que a ação criminal movida por Eduardo Bolsonaro contra Kim Kataguiri seja remetida ao STF.

A defesa do filho 03 de Jair Bolsonaro solicitou que o caso permanecesse na primeira instância, sob o argumento de que os atos atribuídos ao líder do MBL não têm relação com seu mandato na Câmara. A Justiça criminal do DF não atendeu ao pedido.

Eduardo acusa Kataguiri de cometer os crimes de calúnia, injúria e difamação ao fazer um discurso na Câmara em que chamou o presidente de “corrupto, vagabundo e quadrilheiro”. Segundo o 03, as acusações se estenderam a ele e foram repetidas pelo parlamentar em suas redes sociais, inclusive em postagens e vídeos em que foi chamado de Bananinha.

A Vara Cível já negou a Eduardo um pedido de pagamento de danos morais feito ao líder do MBL pelas mesmas afirmações.

Clique aqui para ler a decisão do TJ-DF sobre o caso.

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO