Acarajé no TSE

O PSDB quer que todos os documentos da Acarajé sejam juntados ao processo no TSE contra Dilma Rousseff e Michel Temer.

A coluna Radar, da Veja, informa que os tucanos, em seu pedido, “solicitam também que Zwi Skornicki, operador da Petrobras, seja ouvido na ação para explicar o contrato com a empresa do marqueteiro João Santana e as transferências de recursos para ele no exterior”.

Faça o primeiro comentário

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem.

1200