ACESSE

"Acho um desaforo Itaipu pagar mais de um milhão a seus dirigentes", diz Bebianno

Telegram

Mais cedo, O Antagonista registrou que o presidente de Itaipu, general Joaquim Silva e Luna, concedeu para si e demais diretores uma gratificação de R$ 1,3 milhão.

“Acho um desaforo. Quem deseja tal tipo de remuneração, deve procurar a iniciativa privada e não surfar naquilo que é público. Mais do que o dinheiro, há todo um simbolismo envolvido nessa questão”, diz Gustavo Bebianno, que rejeitou proposta de Jair Bolsonaro para assumir um cargo de diretor na estatal binacional.

“Às vésperas de deixar o governo, o presidente me ofereceu uma diretoria em Itaipu. Era o cala boca pela injustiça, inclusive para aliviar a própria consciência. O argumento era que o salário era magnífico. Sugeri que a oferta fosse guardada em lugar que fizesse rima.”

Duas investigações em andamento podem tirar Renan Calheiros da zona de conforto. CONFIRA

Comentários

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos. Tempo de publicação: 4 minutos
Ler 53 comentários