Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

"Acorda, Bolsonaro"

“Acorda, Bolsonaro”
Foto: Valter Campanato/Agência Brasil

“Acorda, Bolsonaro”.

Quem tocou o despertador foi Delfim Netto.

“Para salvar o que resta de seu governo e ajudar o Brasil a superar a Covid-19, Bolsonaro deveria usar a receita política universal. Aproximar-se do Congresso e construir um programa comum com uma maioria estável e administrar o país partilhando o poder com ela. Talvez seja apenas desejo, mas creio que há alguma esperança com a Casa Civil entregue, agora, a um comprovado administrador, o general Braga Netto.”

Delfim Netto, que trabalhou para os militares, ainda se ilude com eles.

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO