Acordo entre Fazenda e Cruzeiro reduz dívida em R$ 150 milhões

A Procuradoria-Geral da Fazenda Nacional e o Cruzeiro Esporte Clube fecharam acordo nesta sexta-feira (23) de renegociação de débitos tributários.

Segundo o Ministério da Economia, o Cruzeiro ganhou R$ 150 milhões em descontos sobre os encargos. O passivo era de quase R$ 328 milhões.

O montante negociado será pago em 60 parcelas mensais, no caso das dívidas previdenciárias, e em 145 parcelas para os demais débitos.

O presidente do Cruzeiro, Sérgio Augusto Santos Rodrigues, afirmou que “nada supera o diálogo como método de resolução de conflitos”.

Mais notícias
Comentários
Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos. Tempo de publicação: 4 minutos
Ler 16 comentários
TOPO