Acusação contesta testemunhas de defesa

A acusação de Dilma Rousseff contesta a escolha de duas das seis testemunhas convocadas pela defesa: do economista Luiz Gonzaga Belluzzo e do professor Geraldo Prado. Ambos não têm qualquer relação com os fatos analisados.

“Testemunhas falam sobre os fatos”, ensina Janaína Paschoal.

A expectativa é de que Ricardo Lewandowski decida sobre o pedido de impugnação antes do dia 25.