ACESSE

Acusado de ameaçar Doria vira réu

Telegram

A Justiça de São Paulo tornou réu Hércules Cordeiro Torres, de 22 anos, acusado de ameaçar de morte João Doria e tentar extorquir a mulher do governador paulista, Bia Doria.

A decisão é do juiz Carlos José Zulian, da 1ª Vara Criminal do Fórum da Barra Funda.

Hércules terá de responder por extorsão mediante ameaça de morte. Ele teve a prisão preventiva decretada na última segunda-feira.

“Imputa-se ao acusado a prática de crime de extorsão mediante ameaça de morte que, por si só, justificaria a decretação de sua prisão preventiva visando a garantia da ordem pública”, escreveu o juiz na decisão.

Em maio, o acusado foi preso em Pernambuco, suspeito de também extorquir e ameaçar o ex-governador da Paraíba Ricardo Coutinho.

“Encontramos a decisão proferida pelo juízo da 1ª Vara Criminal de João Pessoa, que determinou sua segregação cautelar pela prática do mesmo crime de extorsão praticado contra a família do ex-governador daquele estado, a indicar seu ‘modus operandi’, que coloca em risco a sociedade pela reiteração delitiva”, afirmou o juiz.

Foto: Governo do Estado de São Paulo

Leia mais: A guinada de Bolsonaro para ficar no poder

Comentários

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos. Tempo de publicação: 4 minutos
Ler 5 comentários