Acusado de cobrar propina, ex-corregedor da Fazenda de SP volta a receber salário

Telegram

Marcus Vinícius Vannucchi, ex-corregedor-geral da Secretaria da Fazenda de São Paulo denunciado pelo “bunker” de US$ 180 mil, vai voltar receber seu salário de R$ 18 mil, publica o Estadão.

Em decisão liminar, o juiz Otavio Tioiti Tokuda afirmou que “a suspensão de pagamentos de vencimentos do servidor público sem decisão definitiva na esfera administrativa ou judicial, reconhecendo ilícito funcional ou criminal, viola o princípio da ampla defesa e impõe ao averiguado prejuízo à sua subsistência”.

Vannucchi foi preso no dia 6 de junho sob suspeita de cobrar propina de fiscais corruptos da Secretaria da Fazenda de São Paulo. Vinte dias depois, ele foi solto.

GILMAR MENDES, O DONO DO SUPREMO. Leia aqui

O ex-corregedor foi denunciado por lavagem de dinheiro pelos promotores do Grupo de Atuação Especial de Repressão à Formação de Cartel e à Lavagem de Dinheiro e de Recuperação de Ativos.

Comentários

  • Ilzi -

    Tá difícil este País. Antônio Amos escreveu

  • Sonia -

    Nesse país ser corrupto e ladrao compensa

  • R.A.F -

    Até quando vamos aguentar salários alto assim e soltar gente que, obviamente, foi constatado provas cabais para prisão preventiva? Ou foi expedido mandado de.prisao com achismos? Eu duvido!

Ler 44 comentários