Acusado de lavar dinheiro 62 vezes continuará recebendo R$ 30 mil por mês

A Corte Especial do STJ, em decisão unânime, afastou do cargo o conselheiro do Tribunal de Contas do Amapá José Júlio de Miranda Coelho, acusado de ter cometido 62 vezes o crime de lavagem de dinheiro com o uso de terceiros.

O STJ também recebeu a denúncia do MPF, segundo a qual Coelho converteu recursos públicos do TCE em imóveis e carros de luxo –incluindo um apartamento na rua Oscar Freire, em São Paulo, duas Ferraris e uma Maserati, todos em nome de terceiros.

Estima-se que Coelho tenha sacado mais de R$ 100 milhões na boca do caixa entre 2005 e 2010, quando foi presidente do TCE-AP, informa o site Jota.

Mesmo suspenso, porém, o conselheiro continuará recebendo remuneração mensal de R$ 30.471,11, como previsto em lei.

Comentários temporariamente fechados.

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem.

Ler mais 38 comentários
  1. 30 mil é migalha, e não se discute sobre migalhas.
    Quero ver ele devolver o que ROUBOU e ver confiscados os bens de luxo que adquiriu com nosso dinheiro.
    Ele vai receber 30 mil por mês ? Pois viva com esse dinheiro, nem maia um tostão.

  2. A JUSTIÇA BRASILEIRA E UMA PALHACADA, O CARA ROUBOU TANTOS MILHÕES E GANHA UM BÔNUS EM DINHEIRO MENSAIS, IMAGINA OS POLITICOS, OS PODERES SÃO PODRES, O PRESIDENTE DA REPUBLICA FAZ NEGOCIOS COM EMPRESARIOS PARA RECEBER PROPINAS EM PLENO MANDATO E SEU SECRETARIO E PEGO EM FLAGRANTE E FILMADO E O BANDIDO DO TEMER PERMANECE COMO PRESIDENTE, PAIS SEM LEI…

  3. E quem disse que ser vagabundo, canalha, nojento, bandido, criminoso, corrupto, sem vergonha e ladrão não compensa? O otário sou eu e você que também é honesto. Vamos começar a roubar também, quem sabe nossas vidas não melhoram? Valeu STF, valeu STJ estão de parabéns.

  4. É a total dupla falta de respeito pelos recursos públicos, que só existem por causa
    da arrecadação de impostos, aliás, ou seja: grande parcela do suor do trabalhador.
    Primeiro, porque ele fez uso ilícito dos recursos públicos (por 62 vezes!).
    Segundo, porque mesmo condenado, ainda continuará sendo remunerado pelos
    cofres públicos.
    Merecida seria a exoneração, justamente por tais razões, e com a determinação de
    não poder ocupar cargo, função e até mandato na esfera pública por, pelo menos,
    uns 20 anos.
    Mas, ao contrário, é premiado com o afastamento remunerado do cargo (= férias forçadas).
    Ou é preguiça, ou é mesmo muita má vontade de colocar ordem neste país e fazer com
    que o povo seja mais respeitado.
    E o povo (escravo dos corruptos) que se vire para sustentar essa corja.

  5. Afastou do cargo??!!
    O cara rouba 100 milhões e a punição é ser afastado e receber 30k.
    Que publicitário vcs conhecem para criar um megamegafone para o Brasil saber de barbaridades como essa e expor também os tomadores de tais medidas?

  6. O TCU, ou seja Toma Cacete no “C” é uma entidade séria assim como a maioria dos políticos que sempre nos brindam com essas maravilhas. Esse Brasil País existe mesmo ?

  7. Nao existe justiça para os membros do judiciário, nem do legislativo e executivo, fazem o que quer, inclusive Leis próprias como nesse caso, o cara rouba a vida toda, não é pego, óbvio, devia ratear com seus comparsas no judiciário , para operar por tanto tempo essa quantia milionáriam em um estado muito pobre. Esse vagabundo deveria ir preso em prisão fechada, e todos os bens dele e de qualquer pessoa próxima, parentes, filhos, a amante e amigos ligados deveriam ser confiscados imediatamente , sem direito a recurso, da mesma forma que ele roubou.
    Esse povo, mais ou menos uns 35.000 ladrões que hoje comandam oem ser banidos imediatamente de suas posições privilegiadsa País, dev

  8. As leis no Brasil são feitas por bandidos, invrstigadas por bandidos e julgadas por bandidos!
    Esses vagabundos não são capazes de punir ninguém porque sabem que fizeram igual ou pior, têm o ra-bo preso!

    1. Esse cara ainda é um pedófilo. Procurem por aí que vocês vão achar inúmeras denúncias com ele aliciando menores no interior do Amapá.

  9. Os tribunais de conta AUMENTAM a conta do contribuinte, em vez de diminuí-la! Que paiseco! ACABEMOS COM TODOS OS TRIBUNAIS DE CONTA DO BRASIL!