ACESSE

Adiamento das eleições: veja como orientaram Rede, Pros, PL e PSB no Senado

Telegram

Em votação no Senado, Randolfe Rodrigues, líder da Rede e da oposição, orientou voto “sim” à PEC do adiamento das eleições municipais para novembro.

Ele disse que os especialistas da área de saúde foram unânimes em recomendar o adiamento.

“Colocar a ciência em dúvida resultou nesta tragédia que estamos assistindo.”

Telmário Mota, líder do Pros, liberou a bancada, mas disse que votará “sim”.

“Estamos em plena pandemia. Fazer eleição agora é colocar em risco a vida das pessoas.”

Jorginho Mello, líder do PL, também liberou a bancada: ele disse que o assunto “não é pacífico” e defendeu jogar as eleições para 2022.

O líder do PSB, Veneziano Vital do Rêgo, orientou voto “sim”. Segundo ele, é preciso deixar o “interesse político” de lado e ter “responsabilidade com a vida alheia e com a própria vida”.

“É muito mais provável que, em novembro, não tenhamos os níveis atuais [da pandemia].”

Leia mais: Convite especial: garanta seu acesso à Crusoé e O Antagonista+ e GANHE um ebook sobre Sergio Moro. Clique e saiba mais

Comentários

  • Nestor -

    BANDIDOS e bandidinhos UNIDOS!!!

  • Marcos -

    Esse projeto é uma perda de tempo. O que adianta adiar um mês? Dependendo da curva da doença, pode ser até pior

Ler 2 comentários