ACESSE

Admar Gonzaga diz que imprensa 'falseia' dados da Covid-19 'para dar audiência'

Telegram

Admar Gonzaga, atualmente advogado de Jair Bolsonaro e um dos entusiastas do partido Aliança pelo Brasil, disse à Rádio Gaúcha que é a imprensa que “falseia” dados da Covid-19.

“Estavam falseado o número de óbitos do dia, colocando 1.500 pessoas morrendo naquele dia, quando se sabe que essas certidões de óbitos se referem a pessoas que morreram 60 dias atrás. As informações não têm que sair dos cartórios, mas dos estabelecimentos de saúde. Não é justo informar a população, para espalhar o pânico, o número de certidão de óbito registrado em cartório, pois essa pessoa não morreu nesse dia.”

Ele completou:

“A coisa que mais interessa hoje é prender as pessoas em casa para dar audiência.”

O problema de ter pessoas em casa é que elas podem escorregar numa poça de Listerine e bater o rosto numa banheira.

Leia também: Quais líderes estão se saindo bem na pandemia?

Comentários

  • EUGENIA -

    Os Antagolixos, agora, só tem leitores esquerdistas. Basta ler os comentários. Que decadência! Dia 26/06 encerra a minha assinatura que jamais será renovada.

  • Mauricio -

    Conversa, esse infeliz já está preparando a defesa do seu cliente nos Tribunais, quando for acusado de Genocida. A acusação e, tudo indica, a condenação, são inevitáveis!

  • Marco -

    É típico do olavismo o desprezo pela realidade observável e a preferência por tratar tudo como uma teoria conspiratória.

Ler 51 comentários