ACESSE

“Admiro o voto de pobreza de Cármen Lúcia” — Marco Aurélio Mello

Telegram

Em meio à mais grave crise das contas públicas das últimas décadas, o Senado aprovou, no começo de novembro, um aumento de 16% sobre o salário dos ministros do Supremo Tribunal Federal.

Por efeito cascata, o reajuste também se aplica sobre os vencimentos de milhares de servidores do Judiciário, provocando um gasto adicional estimado em até R$ 6 bilhões por ano.

Diversos setores da sociedade se manifestaram contra o reajuste, inclusive a ex-presidente do STF, ministra Cármen Lúcia: ela afirmou que não era o momento de abrir os cofres públicos para esse gasto adicional.

Favorável ao reajuste, o ministro Marco Aurélio Mello ironizou: “Eu admiro o voto de pobreza da ministra Cármen Lúcia.”

Nós também.

Temos uma chance única de começar a limpeza do Judiciário. LEIA AQUI

Comentários

  • Mario -

    Quando a pessoa é um F.D.P. nato, não tem como consertar o caráter psicótico!! É igual pau que nasce torto!!!!

  • Lisiane -

    Cínico!

  • Ernesto -

    O $TF está totalmente desacreditado.Ainda vem esse sujeito fazer deboches de sua colega.Falta de respeito total.Além de suas atitudes suspeitas.Vai acabar recebendo a visita de um Cabo e um soldado!

Ler 55 comentários