Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Advogada diz que Prevent Senior manipulava dados para reduzir mortes por Covid

Na semana passada, o diretor executivo da Prevent, Pedro Júnior admitiu que, após 14 dias de internação, era retirada a menção à Covid
Advogada diz que Prevent Senior manipulava dados para reduzir mortes por Covid
Reprodução/TV Senado

A advogada Bruna Morato, responsável por ajudar a elaborar um dossiê sobre a Prevent Senior, disse há pouco à CPI da Covid que a operadora de plano de saúde manipulava dados sobre mortes por Covid para se reduzir o impacto da doença nos óbitos registrados pelos hospitais da rede.

“Teria que ser feito, sem dúvida alguma, uma análise dos prontuários médicos. Era uma prática recorrente, considerando a determinação da empresa de obediência e lealdade”, disse a advogada.

“Esses números não condizem com a realidade porque existiam essas práticas administrativas que impediam que as autoridades tivessem conhecimento das informações corretas”, declarou.

Na semana passada, o próprio diretor executivo da Prevent, Pedro Batista Júnior, admitiu que, após 14 dias de internação, havia a retirada da menção à Covid nos pacientes assistidos pelo plano de saúde.

Assista:

Mais notícias
TOPO