ACESSE

Advogado de agressor de Bolsonaro diz que assumiu caso por ‘visibilidade’

Telegram

O advogado Marcelo Manoel da Costa, um dos quatro defensores de Adélio Bispo de Oliveira, o agressor de Jair Bolsonaro, disse ao jornal Estado de Minas que a banca trabalha no caso por um “valor irrisório”.

“Tenho certeza que não há participação política ou um grupo bancando nossos honorários. A visibilidade, para nós, é bem-vinda. Chegamos primeiro”.

Comentários

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos. Tempo de publicação: 4 minutos
Ler 119 comentários