Advogado de Luleco quis enrolar

O Antagonista registra que um dos advogados de Luleco quis enrolar a “mídia de fofocas”.

Ele disse que: “O fato é que, após oito meses de investigação e execração pública, não foi indicada qualquer conduta de Luís Cláudio que pudesse tangenciar um ilícito penal e justificar uma investigação policial. Registramos, portanto, como absolutamente improcedentes também as novas acusações quanto às atividades no Corinthians”.

Luís Cláudio, o Luleco, é investigado na Operação Zelotes. A PF está cheia de justificativas para investigá-lo. Como o fato de ele ter recebido 2,5 milhões de reais da Marcondes Mautoni, que fazia lobby para o setor automotivo beneficiado por MPs que foram compradas.